Rosácea: Tratamentos Naturais e Homeopáticos

A rosácea pode ter causas emocionais, hormonais ou manifestar-se após um período de mudança ou estresse, sem uma causa definida pela medicina. Portanto, no conceito da terapêutica integrada faz-se necessário um diagnóstico e tratamento mais amplo, a fim de atuar não apenas fisicamente, mas também em outros níveis onde a causa pode estar instalada.

A rosácea é uma condição inflamatória, cíclica e crônica da pele. Manifesta-se através de rubor e vermelhidão no rosto, podendo gerar o aparecimento de espinhas – com maior frequência no centro do rosto, bochechas, nariz, testa e queixo. Por vezes, pode aparecer no tronco, nos braços e nas pernas. Nos casos mais avançados, pode ocorrer acne em forma de grãos e espinhas que, às vezes, chegam a ser bastante dolorosos.

Esta condição na pele requer uma série de cuidados e tratamentos para mantê-la em harmonia sempre que possível. Com base em experiência pessoal, histórico familiar, tratamento de pacientes e amigas, seguem algumas dicas.

  • Usar o sumo de Aloe Vera 2 X dia, principalmente à noite, antes de dormir. Corte um quadradinho da folha de aloe vera, retire os espinhos e passe sempre que possível. Enxaguar somente no dia seguinte. Se possível, ingerir também o gel de aloe vera preparado na hora com o sumo de 1/2 limão, em jejum. Pode ser batido no liquidificador e tomado puro ou acrescentando 1 colher de mel. Tomar com canudinho – evitar o contato do limão com os dentes,
  • Sucos desintoxicantes com folhas escuras: couve, brócolis, espinafre, etc, são altamente antioxidantes e auxiliam no processo. Saiba mais aqui: Sucos Naturais, Desintoxicantes e Energéticos
  • Evitar o consumo de leite, laticínios e derivados de origem animal – prefira os de origem vegetal. O único laticínio seria o iogurte natural orgânico, tendo em vista a presença dos lactobacilos que podem ser auxiliares na harmonização da flora intestinal e, consequentemente, da pele. O problema do leite e derivados não-orgânicos são os antibióticos e hormônios contidos nas rações animais que passam para o leite e, consequentemente, para o seu corpo por ingeri-los, causando o desequilíbrio natural dos hormônios.
  • Evitar o consumo de álcool, cafeína, bebidas e alimentos muito quentes, embutidos. Reduzir consumo de comidas picantes e chocolate.
  • Beber bastante água mineral ao longo do dia, estimulando o consumo de alimentos integrais e fibrosos.
  • Utilizar hidratantes manipulados – fluído, gel ou loção – que contenham em sua composição extrato glicólico de camomila ou calêndula. Acrescente neste hidratante os óleos essenciais de Lavanda, Tea Tree (antibiótico, antibacteriano) ou Palmarosa (antibacteriano, anti-séptico, cicatrizante) e o Hortelã para auxiliar a resfriar a pele e aumentar a circulação. Por exemplo, para 60g de hidratante inclua: 8 a 10 gts de OE Lavanda/ 6 a 7 gts de OE de Tea Tree – se preferir um óleo mais suave e regenerador da pele, a Palmarosa é a ideal: use 8 a 10gts OE Palmarosa/ 6 a 7 gts de OE Hortelã. Saiba mais sobre como utilizar os óleos essenciais aqui: Receitas Caseiras com Óleos Essenciais
  • Para quem tem a pele mais ressecada pode solicitar que no hidratante seja acrescentado o óleo de macadâmia. O óleo de oliva é ótimo também para criar uma camada protetora para a pele, pois mantém a hidratação.
  • Chás de ervas responsáveis por auxiliar na limpeza do sangue, fígado: bardana, dente de leão e alcachofra, especificamente. Neste caso, deixa 1 colher (chá) em infusão com 1 copo de água fria mineral  – em água quente o sabor será muito amargo para consumo. Tampar e aguardar. Bebericar este chá ao longo do dia, por 3 dias seguidos. Parar por 3 dias e repetir por 7 dias a 14 dias. Seguir preparando-o sempre para ser tomado no mesmo dia.
  • Exercícios e caminhadas ao ar livre, em meio à natureza, auxiliam na recuperação pela oxigenação das células. De preferência, em locais com pouca circulação de carros.
  • No caso de sol, evitar exposição se estiver em crise. Preferir o sol da manhã ou o de final de tarde.
  • Se possível, evitar lavar o rosto com água que contenha cloro, se for muito quente pior. O cloro é altamente irritante e pode agravar a vermelhidão. SUGESTÃO: Instale no seu chuveiro um filtro com refil à base de carvão (filtragem com 75% ou 98% de cloro). Os refis de 98% também são utilizados em hospitais. Assim, terá uma água menos ácida e irritante para e pele no geral, uma vez que a rosácea pode manifestar-se em outras partes do corpo.
  • Em alguns casos, a rosácea também pode ser consequência de endometriose. Se existe uma possibilidade de este ser o seu caso, converse com seu ginecologista ou consulte um homeopata – leia mais sobre a indicação da homeopatia Carbo Animalis. Pode estar correlacionada também a repetidas situações de desarmonia do sistema nervoso.

MÁSCARAS AUXILIARES PARA PELE COM ROSÁCEA

  • Máscara de Aloe Vera e Camomila (Somente a Aloe Vera já traz ótimos resultados): Auxilia a desinflamar a pele, minimizar espinhas e prevenir infecções. É ideal para reparar as partes mais ressecadas. Prepare uma infusão de camomila e, quando estiver fria, misture com a polpa de um talo de aloe vera ou com gel do aloe vera, conforme preferir. Bata os ingredientes e quando obtiver uma massa uniforme, estenda pelo rosto deixando repousar durante 15 minutos. Você notará os resultados em seguida!

  • Máscara de Mel com Açafrão/ Sem adição de água: Tem ação cicatrizante, antibiótica, mineralizante e antibacteriana natural pelas propriedades contidas no mel e no açafrão. Pode ser aplicada 1 a 2 X mês, sem pressão ou esfoliação brusca da pele. Deixe agir por 15 minutos e retire com água morna ou fresca.

  • Máscara de Pepino:  Eficaz porque o pepino é muito rico em água e vitamina E. Destaca-se por ser um cicatrizante natural que ajuda a minimizar a vermelhidão, refrescar e reparar a pele. Descasque um pepino médio, bata no liquidificador e, se desejar, acrescente uma colher de sopa de azeite de oliva – extra virgem. Depois, passe-a pelo rosto e deixe agir por 15 minutos. Retire com água morna e sem aplicar nenhum tipo de sabonete.

  • Máscara de Aveia e Chá Verde: A aveia é ótima para esse caso porque possui uma ação calmante que protege a pele contra irritações, vermelhidão e coceira. O chá verde, pela ação antioxidante e tonificante é ótimo para combater os sintomas. Os ingredientes unidos são uma excelente opção. Prepare uma infusão de chá verde – preferência para as folhas verdes ao invés dos talos. Quando estiver frio, acrescente 3 colheres (sopa) de farinha de aveia. Misture bem. Deixe agir por 10 a 15 minutos.

LIMPEZA E ESFOLIAÇÕES ADEQUADAS

Seguindo este passos básicos, além dos já mencionados, você conseguirá eliminar as células mortas sem danificar a estrutura da derme, mantendo-a saudável e hidratada.
  • A limpeza facial nesse caso deve ser extremamente suave, evitando a esfoliação nas partes afetadas. Aconselha-se lavar o rosto 2 X ao dia (manhã e noite) com água morna, utilizando um sabonete suave e natural – de preferência sem componentes químicos artificiais – não abrasivo, principalmente livre de fragrâncias sintéticas. Secar a pele com uma toalha de algodão suave e descartar o uso de toalhas ásperas.
  • Caso o dermatologista tenha receitado alguma medicação tópica, aplique logo após realizar a limpeza facial e 10 minutos antes de aplicar qualquer outro produto, seja protetor solar, cremes ou maquiagem. Assim, o tratamento penetrará bem na pele e fará sua função.
  • A aplicação de um protetor solar – principalmente se houver maior exposição ao sol – é fundamental. O ideal é solicitar que o próprio dermatologista manipule o mais adequado à condição da sua pele, sendo o FPS 30 suficiente e melhor para evitar maios irritação que os fatores de maior grau podem provocar *
  • Para reduzir os sintomas da rosácea como a vermelhidão, a irritação e a coceira, é importante usar um creme hidratante emoliente, que crie uma barreira protetora contra a umidade e resíduos que possam causar infecções e danificar a pele. Há cremes feitos especificamente para cuidar dessa sensibilidade.
  • Outro aspecto fundamental é escolher os produtos para aplicar sobre a pele com muito cuidado. As peles com esta condição são bem mais sensíveis. Lembre-se sempre da composição de cada um dos cosméticos que adquirir. Evite aqueles produtos que sejam agressivos como loções adstringentes, esfoliantes, tônicos e produtos em geral que que contenham álcool, menta, óleo de eucalipto, ácido salicílico, petrolatos, triclosan e abrasivos.
  • Quanto à maquiagem, é conveniente evitar as bases densas resistentes à água e, em seu lugar, escolher uma que não seja irritante e livre de óleo. As maquiagens minerais costumam ser uma grande alternativa para as peles com rosácea, já que são menos irritantes. No mercado, existem algumas especialmente indicadas para a vermelhidão. Se você tiver condições, o ideal seria preferir uma maquiagem mais orgânica e sem petrolatos, triclosan e ingredientes irritantes, ou ainda adquirir de fontes seguras vendidas em farmácias de manipulação ou marcas que primam por componentes naturais e orgânicos.

* SOBRE O PROTETOR SOLAR (Segundo recomendação dermatológica)

TRATAMENTO HOMEOPÁTICO

A partir de um breve histórico dos casos mais comuns de rosácea, o uso da homeopatia e seu vasto campo de pesquisa e conhecimento tem resultados muito positivos no tratamento. Segundo a Dra. Concepción Calleja Peredo – especialista em medicina geral e homeopatia – os medicamentos homeopáticos mais indicados são:

CARBO ANIMALIS 7 CH: Tomar 3 grânulos, 2 a 3 X dia. Em sua experimentação toxicológica, as doses com este medicamento desenvolvem lesões na face idênticos aos da acne rosácea – no princípio da homeopatia cura-se o semelhante com o semelhante.

ARNICA MONTANA 15 CH: Quando houverem ferimentos que são simétricos (em ambas as faces). Tomar 3 grânulos, 2 X dia.

EUGENIA JAMBOSA 7 CH: Indicado especialmente quando as lesões se relacionam com a ingestão de álcool – que neste caso deveria ser evitado. Tomar 3 grânulos, 2 X dia.

SANGUINARIA CANADENSIS 9 CH: Quando as lesões são acompanhadas por calor e queimação nas bochechas. Tomar 3 grânulos, 3 X dia. Se este período corresponde à menopausa, pode-se seguir a prescrição acima – 2 a 3 grânulos quando o calor aparecer.

CALCAREA FLUORICA 7 CH: Quando há telangiectasias importantes, tomar 3 grânulos, 2 X dia. Outros medicamentos mais frequentes associados neste tipo de patologia são: Sulfur, Lachesis e Sepia.

Um outro olhar me levou ao Compêndio Clínico dos Laboratórios WELEDA do Brasil, cujas recomendações para o tratamento da rosácea seguem avaliadas como DOENÇAS DOS ÓRGÃOS SENSORIAIS (Sistema Neuro-Sensorial)/ I. DERMOPATIAS CONSTITUCIONAIS E AUTO-IMUNES. Faço menção à Weleda neste caso pelo fato da maioria dos medicamentos homeopáticos serem de origem orgânica, produzidos de uma forma singular que respeita vários aspectos na elaboração dos seus componentes.

Recomendações:

  • Dieta rigorosa *, quase sem sal e, especialmente, sem iogurte ou completamente vegetariana. Banhos frequentes de imersão com Kalium sulfuratum e suco de um limão. Sudorese depois do banho.
  • Estimular limpeza do intestino diariamente.
  • Chá Ritmo Suave Weleda (Sene, Erva-doce, Menta e Cravo).
  • Vaucheria D3 e D20 dil., 3 vezes ao dia, 10 gotas.
  • Aesculus D15 dil. + Alumen D15 dil.
  • Antimonit D6 dil.
  • Sangue próprio mais Silicea D20 amp.
  • À noite, aplicar nas partes afetadas em pouca quantidade Calendula Officinalis (Tintura) T.M. + Pasta d’água aa., Arnica (Aplicar a tintura na pele, 1-4 vezes ao dia com uma compressa. O uso em crianças menores de 6 anos precisam de atenção médica. A duração do tratamento não deve exceder uma semana)./ Echinacea comp.* gel, pomada de Aurum metalicum praep. D5 / Oleum lavandulae eth. 1%.
  • Observação: no caso da Silicea e do Aurum, esses elementos podem ser encontrados na medicação homeopática da Weleda chamada STRESSDORON, um ótimo complementar.

* Dieta rigorosa recomendada:

  • A alimentação é de extrema importância, como em qualquer “erupção”: manifesta-se na pele tudo aquilo que penetrou em excesso e que não pode ser dominado pelas forças metabólicas.
  • Em consequência, todo tratamento de acne deve começar com 7 ou mais dias de alimentação crua, especialmente à base de frutas.
  • Em seguida, 3-4 semanas de alimentação vegetariana: verduras, saladas, couves, cenouras, beterrabas, batatas, pão integral, queijo branco, coalhada, creme ácido, iogurte, maçãs, compotas com pouco açúcar, chá, um pouco de café sem leite, água mineral.
  • Mais adiante, três vezes por semana, um pouco peixe. Não ingerir: carne vermelha, frios, comidas com farinha de trigo branca, comidas muito doces, leite e alimentos derivados ou com leite, queijo duro, pimentões verdes e vermelhos, ovos puros, enlatados, álcool em todas as suas formas.
  • Facilitar a evacuação do intestino: à noite, chá de cáscara sagrada ou uma infusão de Chá Ritmo Suave (Weleda). O paciente deve mastigar muito bem os alimentos para auxiliar a atividade metabólica.

pele-lírio

METAFÍSICA DA PELE

Para compreender melhor a pele do rosto, devemos considerar suas características fisiológicas comparativamente ao significado metafísico, que visa investigar profundos aspectos emocionais e padrões de comportamento.

No âmbito metafísico, a pele que reveste todo o corpo representa uma linha divisória entre o interno e o externo. Isso refere-se a uma área de exposição que contem componentes interiores, assim como registros das sensações produzidas pelo que acontece ao redor.

A pele, portanto, é um órgão de contato e de manifestação do ser no mundo. Do meu ponto de vista “a pele é emocional”, sendo um veículo através do qual podem somatizar-se muitos aspectos.

Ela desempenha a função de termostato natural, regulando a temperatura do corpo. Grande parte do calor produzido pelos músculos são enviados à pele; a transpiração é um exemplo desse mecanismo fisiológico de eliminação de calor. Essa atividade equivale, metafisicamente, à mediação entre o ser e o ambiente. É uma espécie de regulador emocional, que faz o intercâmbio entre os componentes emocionais com as situações do ambiente.

Quando alguma ocorrência exterior impacta a pessoa e ela se inflama, por exemplo, a sua fúria fica “à flor da pele”. Cabe aqui avaliar como se lida com a raiva, diante de situações que fogem do seu controle, que não ocorrem como gostaria ou que “tiram você do sério” por várias razões. Quando se encontra a origem desta raiva, é possível identificar padrões e iniciar uma mudança de comportamento, minimizando efeitos “pós-raiva” que deixam a pele irritada e que, geralmente, resultam num campo devastado, seco e eletricamente desarmônico.

Sob essa ótica, os cuidados com a pele, principalmente do rosto, representam um gesto de dedicação e atenção para consigo. A limpeza de pele é um procedimento que sugere a libertação das turbulências vivenciadas no passado quando da liberação das células mortas, um ato que vai muito além da vaidade e da estética quando realizado com este intuito. Esse procedimento minimiza os padrões metafísicos que poderão somatizar, por exemplo, em forma de manchas na pele.”

Procurando apresentar nesta matéria tanto métodos naturais quanto homeopáticos para que você avalie o melhor tratamento, não descartamos o acompanhamento de um homeopata e dermatologista, a fim de prescrever um diagnóstico mais preciso de acordo com o estágio e as condições de sua lesão. Para atendimentos online, há o belo trabalho do Homeopata Dr. José Maria Alves, que disponibiliza consultas gratuitas e um vasto material gratuito para estudo, disponível em seus sites e blogs: Tratamento Rosácea e Consultas_Dr. José Maria Alves 

E uma sugestão para reflexão: procure através do autoconhecimento, da observação de si porque o problema surgiu, se é cíclico ou crônico, quando e em que ocasiões ocorre. Seja o observador de si mesmo e, assim, poderá encontrar a causa do seu surgimento para melhor sinalizar o devido cuidado e tratamento. Na psicossomática, acne e lesões na pele podem estar chamando sua atenção para dialogar com sua auto-estima, autoconconfiança e auto-amor, ainda podendo indiciar aspectos mais profundos do seu ser oriundos de padrões, registros e crenças familiares. Observe, investigue, conheça-se: este é o primeiro passo. Namastê! ❤

Luciane Strähuber – Educação Terapêutica Integrada

 

Anúncios

Sobre Wohali Terapias

Educação Terapêutica Integrada

Publicado em 7 de agosto de 2017, em Artigos, Matérias, Terapias Integrativas. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: