Descansa tua mente no teu coração!

nebulosa_estrelas_cosmic

Atraímos em nosso caminho as pessoas responsáveis por nos ensinar aquilo que buscamos aprender.

Nosso maior aprendizado ao conviver, compartilhar e experienciar a vida com essas pessoas é o amor!

Amar acima de todas as coisas! Amar a nós mesmos! Emanar, irradiar e desejar amor sob todas as formas, mesmo que, às vezes, as intenções, sentimentos ou pensamentos dessas pessoas sejam escusas, mesmo que as palavras não sejam sinceras e em sintonia aos sentimentos, pois ainda assim, o que todo o ser humano busca em sua trajetória existencial é o Amor.

Aquele amor que a essência conhece e que é a fonte de Luz de cada um de nós, que nos faz relembrar o que somos de fato e como nos sentimos em comunhão à nossa família espiritual e à VIDA sob a forma que descrevemos como Alegria de Viver!

Se começarmos a perceber e viver os nossos relacionamentos sob esta ótica, poderemos ter mais clareza e discernimento ao convivermos com qualquer pessoa que se apresenta no nosso caminho sem gerar dor, frustração, mágoa, rancor e sofrimento.

Podemos compreender que a dor e o sofrimento que passamos só cabe a nós resolver, descobrindo a sua causa dentro de nós, uma vez que ao outro não pode ser atribuída uma culpa já que esta só existe quando também existe a falta de autoconhecimento.

Se nos sentimos, de alguma forma, magoados, injuriados, injustiçados ou frustrados por alguém, existe algo dentro de nós que ainda precisa ser modificado para que possamos partilhar o amor nos relacionamentos de todas as formas, de forma sincera, construtiva, amorosa, solidária, repleta de compaixão.

Podemos começar observando se nossas expectativas com relação ao outro podem ser espelhos das expectativas da nossa criança interior diante do que não recebemos dos nossos pais, ou ainda as expectativas de nosso espírito diante do propósito divino que não foi possível ser cumprido em outras vidas por autossabotagem nossa, pela repetição dos mesmos erros do passado no presente, pela repetida programação de padrões de personalidade que tivemos e que necessitamos modificar e desapegar, assim como uma roupa velha que já não usamos e que ainda se encontra guardada em nosso armário porque ainda achamos que, um dia, podemos precisar dela.

É disso que se trata esse momento no planeta: o retorno ao “Lar”, o retorno para dentro de nosso coração para reencontrar o sentimento de unicidade, pois o Lar espiritual que algumas almas ainda sentem saudade está totalmente conectado à expansão da Luz do nosso coração e não está dissociado de nós.

Estamos renascendo de dentro de nós mesmos, novamente de dentro do útero de nossas mães espirituais, de dentro do útero da Grande Mãe que, hoje, representam nós mesmos nesse Plano Terreno, saindo da 3ª dimensão para renascer na 4ª e 5ª dimensões.

Estamos tendo que olhar para todas as partes perdidas de nós mesmos, as boas e as ruins, e juntar todas elas porque todas fazem parte de um quebra-cabeças muito maior para que compreendamos o nosso Eu Superior e o nosso Ego.

Estamos tendo que nos transformar rapidamente, num momento acelerado o bastante para fundir inúmeras tarefas e experiências, repleto e preenchido de sonhos reveladores, insights e déjà vus, memórias de outras vidas, canalizações, desdobramentos e projeções astrais conscientes, sinais claros e inusitados do universo para nossos questionamentos, resgates e curas espirituais, reprogramações celulares, entre tantas outras experiências que estamos sendo empurrados pela nossa alma para viver que mal temos tempo para assimilar e memorizar tudo o que vivemos.

Mas, o importante, mesmo em meio a esta turbulência e aceleração energética, é sabermos encontrar o nosso ponto de equilíbrio, o nosso momento de silêncio interior, aquele ponto de paz profunda quando voltamos nossa consciência para o nosso coração, pois quando isso acontece, a nebulosidade do que se encontrava em nossa frente se desfaz e conseguimos, novamente, perceber o céu azul e os raios de sol. Quanto mais conectados estivermos com nosso coração, quanto mais iluminado ele estiver, na mesma proporção, a Verdade será sempre o nosso farol e a mentira cairá sob os nossos pés…Luz é Verdade!

Certa vez, em meditação, quando em comunhão aos ensinamentos e à Consciência de Jesus, recebi uma frase muita profunda e com um leque muito grande de significados, mesmo sendo tão simples e objetiva, a qual dizia: “Descansa tua mente em teu coração e, assim, não haverão mais desgastes”.

Essa frase, de imenso aprendizado, descreve perfeitamente tudo o que este texto objetiva dizer: sempre que descansamos nossa mente em nosso coração, nosso ego se rende e nossa alma fala mais alto! Hoje, compreendo exatamente o que isso significa e exercito todos os dias essa conexão para estar cada vez mais plena com meu centro de amor e paz. Então, esta é mais uma chave que pode ajudar você a entrar em sintonia com o seu coração! Nunca é tarde para começar e despertar! A hora é agora e a chave do seu coração sempre esteve “nas suas mãos”!

Meu sincero desejo de muita Luz no seu caminhar e Paz profunda no seu coração! 😉

 

Anúncios

Sobre Wohali Terapias

Educação Terapêutica Integrada

Publicado em 23 de fevereiro de 2015, em Artigos, Mensagens YEHUÁ. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: