Artigos, Mensagens YEHUÁ

Sintonizando a paz profunda do silêncio interior

montanha_flores_sol

“Existe um silêncio interno em cada ser,

um silêncio em ressonância a uma frequência de paz profunda,

um silêncio proporcional ao que Buda alcançou

e que está disponível a todos, dentro de cada um de nós.

Ele flui através de uma escala de notas e frequências sagradas,

iniciando pelo silêncio da mente, seguindo pelo coração e chegando ao topo da alma.

Quando estamos neste estado de consciência,

compreendemos que a sabedoria de nossa alma reside no silêncio,

e tudo o que está em dissonância fora de nós,

não faz diferença e não consegue nos atingir,

simplesmente porque não há sintonia, não há encaixe, há dissonância.

Por esta razão, as frequências do silêncio interior e do ruído exterior não se encontram.

Na natureza, o silêncio reside eternamente, a cada nascer do sol.

Ele é uma peça importante e crucial de uma engrenagem harmônica que nunca falha.

Observe que os pássaros, os animais, as flores, as sementes, as árvores,

a natureza e tudo o que a envolve conseguem estar integrados nos centros urbanos

onde o silêncio interior acontece independente do ruído externo: esse é o silêncio da Criação!

A rotina humana e a sociedade onde nos encontramos

é a única engrenagem da vida que incita e promove o ruído em todos os níveis,

o “nunca silenciar”, vendendo a crença de que mente “ocupada ou cheia” é mente saudável.

Quando compreendemos que não somos nossa mente,

que não é a mente racional que nos comanda ou determina nosso tempo, nossa jornada e experiências,

estaremos abertos para expressar tudo o que reside em nossa alma,

materializando no Plano terreno o que nos propusemos exercer por um Bem maior

e usando-o como instrumento divino, afinado pelo nosso coração

e conduzido pela nossa Consciência de Luz!

Silencie mais, desacelere seus pensamentos, seus passos, seu tempo.

Busque o silêncio interno para encontrar as respostas

que sua alma almeja que cheguem à sua consciência.

Busque as respostas dentro de você: todas residem dentro do silêncio,

um mundo à parte, sem fronteiras, tão infinito quanto as estrelas e o universo,

tão cheio de conteúdo e sabedoria quanto sua imaginação puder criar!”

Namastê!

(Yehuá & Aritanãm-manãm)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s