Artigos

Vamos acender nossa Luz Interior!

luz interior_cosmos_arcanjo

Venho, há alguns meses, observando e acompanhando as notícias que chegam até mim sobre a mudança drástica no comportamento das pessoas, como uma forma de expurgo e liberação de “sombras” há muito tempo escondidas. Desde o ano passado, estamos presenciando o “cair de máscaras” em todas as áreas da vida, notícias que permeiam não apenas a nossa realidade, mas o mundo e o momento atual do planeta. Este vem passando pelo processo de verticalização do seu eixo, recebendo, das inúmeras Egrégoras Espirituais que atuam através da frequência do amor, influxos de partículas de Luz que estão super-acelerando os processos, principalmente, em nós, sejam físicos, mentais, emocionais e espirituais. Isso significa que muito “lixo” está sendo tirado debaixo do tapete, seja porque se quer ou não, seja porque estamos aceitando o chamado para purificarmos e transformarmos tudo o que ficou pendente do passado, seja porque estamos sendo “empurrados” a olhar debaixo deste tapete e trazermos à tona o que precisa ser modificado, o lado obscuro que antes não podia ser mostrado porque a dimensão em que estávamos possibilitava que ainda se mantivesse escondido.

Portanto, este é o momento de manifestar tudo, seja os nossos dons, talentos, qualidades, seja o lado obscuro, as sombras que nunca antes foram vistas, reconhecidas e expressadas, para o nosso próprio bem, aprendizado e evolução, isso apenas porque estão havendo escolhas a serem feitas. Não há mais tempo para se manter em cima do muro: ou escolhemos acender a nossa Luz interior, nosso propósito divino nesse Plano, nossa realização pessoal, material e de alma, ou escolhemos continuar vivendo na “Matrix”, nas programações antigas, o antigo sistema que começa a ruir. Nesta Era, se continuarmos teimando em ficar presos entre a Era de Peixes e a Era de Aquário, ou seja, em cima do muro, tudo tende a não progredir, a não entrar no fluxo de prosperidade e sabedoria do universo! Por esta razão, estamos vendo os “picos de loucura” que já começam a acontecer na humanidade, onde a tendência de melhora é pequena para aqueles que ainda insistirem em continuarem no comodismo, nas zonas de conforto do consumismo, da superficialidade e de felicidade ilusória, permitindo que o muro do medo os impeça de ver adiante!

Para saber se você continua na “Matrix”, perceba se você está “no automático”. Faça um teste, entre tantos que costumo fazer, deixando este como dica: onde há uma passarela, onde você costuma pegar um trem ou ônibus para ir trabalhar e precisa passar por ela para ir a determinado lugar, procure fazer o caminho inverso do caminho que as pessoas estão fazendo, ou seja, suba pelo lado da passarela onde as pessoas estão descendo, ou desça pela passarela onde as pessoas estão subindo, e veja como se sente, perceba o que acontece! Há uma incomodação natural das pessoas ao redor, que olharão para você de “cara feia”, como que dizendo: “Ei, você está na passarela errada!”…E será que está mesmo? Ou estão todos “no automático”? Nada impede você de subir pela outra passarela, não há placa de “proibido”! Nada o impede de mudar o caminho para o trabalho, de pegar outro ônibus, de ir à pé até em casa num dia de chuva, de observar o céu enquanto anda nas ruas, de cantar enquanto anda de bicicleta. Tudo isso e tantas outras práticas constam, apenas, em inverter o curso da rotina para oxigenar o cérebro e começar a modificar o ponto de vista, expandir a consciência, incentivar outros sentidos, sair da “Matrix”!

Tenho observado situações e comportamentos que antes não víamos acontecendo de forma tão comum nas ruas, nos ônibus, nas casas, em família, no trabalho, no trânsito, nas notícias que chegam até nós de outros países, em tudo o que incita o ser humano a defrontar com a verdade. Estamos, literalmente, vivendo o momento de um vulcão em erupção, onde as sombras estão vindo à tona, mas não aquelas que a mídia insiste em implementar na consciência coletiva para gerar pânico, e sim as próprias “sombras interiores”, aquelas escondidas nas caixinhas de nossos armários internos, no inconsciente ou no subconsciente.

Entre estes picos de loucura, que faço apenas menção para que possamos perceber o que se passa ao redor, presenciamos alguns como: suicídio de uma menina após o namorado ter postado um vídeo de ambos transando no Twitter; a nova moda nos EUA, onde pessoas estão sendo nocauteadas e mortas nas ruas com um só golpe; jogos de videogame extremamente violentos que estão levando jovens à morte ou ao coma após horas de jogo; crueldade e maus tratos cada vez maiores com os animais (animais sendo mortos “vivos”, como “produtos” em grandes indústrias e fábricas, sem qualquer sentimento ou respeito); baleias que matam pessoas em parques aquáticos pelo estresse, pelos maus tratos, pela escravidão de não estarem em seus devidos habitats; golfinhos e baleias que se suicidam porque a comunicação via sonar é prejudicada e interferida pelo sonar criado pelo homem para encontrar petróleo; festas onde as pessoas transam à céu aberto, para todo mundo ver, fotografar e filmar; o uso indiscriminado de agrotóxicos e pesticidas, contra as normas previstas, visando a venda pela quantidade e lucro cada vez maior; as abelhas que estão sumindo de algumas regiões porque não há flores para que a polinização aconteça, uma vez que todo o seu processo de existência e produção (própolis, mel, geléia real, pólen) só é possível em ambiente livre de agrotóxicos e poluentes; tempestades de poeira, tsunamis, furacões, terremotos, chuva de meteoros, ventos fortes, vulcões entrando em erupção em algumas partes do planeta.

luz_fonte_dourada

Portanto, vamos refletir e despertar nossa consciência! Que frequência energética estamos imprimindo no planeta, através de nossas atitudes, comportamentos, pensamentos e sentimentos? Qual a consequência disso? Como nossa atitude está interferindo no Todo? O que estamos fazendo para mudar a nossa realidade, mesmo que pensemos que não fará diferença? Se o oceano é feito de milhares de gotas, certamente, nossa existência no mundo, assim como uma gota, é necessária, não é em vão, tem um propósito único e influencia de alguma forma o Todo.

Estamos presenciando notícias absurdas, praticamente parecendo ficção científica se comparadas a outras realidades, mas que estão acontecendo de fato e não estão sendo vistas por muitos que ainda acreditam que no “seu mundo” tudo é perfeito, e que nada que estiver ao seu redor irá atingi-los, assim como foi o afundamento do Titanic, quando se dizia que era um navio “infundável”. Será que não somos ainda mais vulneráveis enquanto permanecermos olhando para os nossos próprios umbigos?

Nesses tempos conturbados, mas de profunda mudança e oportunidade de evolução e crescimento, com grande amparo da Alta Espiritualidade que rege este planeta e cada ser humano, convido a todos para observar o que está acontecendo ao redor e bem embaixo de nosso nariz! Procuremos nos melhorar, nos modificar e evoluir em primeira instância, mas procuremos também auxiliar aqueles que ainda estão imersos nos véus de Maya, pedindo auxílio porque não conseguem ver adiante ou porque precisam de força para continuar. Deixemos de lado e não insistamos naqueles que não desejam progredir, abrir os olhos da alma e do coração, mas sejamos os primeiros a estender a mão se assim mudarem de ideia para despertarem a própria Luz!

Sejamos semeadores de Luz, de amor e paz! Sejamos aquilo que sempre desejamos Ser na Terra, olhando para o passado apenas para aparar as arestas que faltaram, reconhecendo nossos erros e sombras, corrigindo-os, abraçando-os e reprogramando-os! Este é o momento de desejar e vislumbrar o que sempre achamos impossível, mas aquilo que toca e move nosso coração, aquilo que nos faz arrepiar, se emocionar, que faz vibrar nossas células, pois este será o nosso futuro! Somos seres multidimensionais! Sejamos a mola propulsora da mudança, co-criando o portal de conexão entre passado, presente-futuro!

Luciane Strähuber

(Terapeuta Holística) 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s