Determinação: a palavra para o momento

determinação

Determinação é uma linha ininterrupta, uma coluna vertebral. É quando cada situação está ancorada a uma meta invisível e que, ainda assim, mantém tudo unido. Sem determinação a vida torna-se dispersa. As experiências agradáveis são mantidas, as desagradáveis são abandonadas. Tudo acontece ao acaso e a pessoa sempre à mercê da vida.

Determinação faz você sentar-se ereto e amar tudo, porque tudo faz parte do movimento para frente. Dia e noite, há o sentimento de que é só procurar e então poder trocar a essência de sabedoria que reside em cada momento. Você pode se concentrar naquilo, deixar que sua tenacidade busque aquilo e, então, a ação ocorre automaticamente como deveria: suavemente correta.

Debater-se com a vida a partir do exterior, tentando mudar o que é visível, é determinação invertida. Ela torna seu rosto áspero e inflexível, e embora possa trazer sucesso aparente, pode criar uma luta interna. Portanto, determinação não é tanto uma questão de ação, mas de tranquilidade. Quando uma qualidade da mente – paz, felicidade, profundidade, pureza – pode permanecer firme e contínua através dos baques da vida, isso é determinação verdadeira. Uma estabilidade assim, mantida por um bom tempo, penetra de algum modo na superfície da vida e a transforma. Os baques desaparececem.

É necessário alimentar a determinação, nutrir as qualidades que você deseja constantemente, e manter consigo. Como? Entendendo-as, examinando-as, usando-as. De qualquer modo, elas fazem parte da sua natureza, mas tem sido inverno por tanto tempo que elas entraram no subsolo. Às vezes, você precisa escavar para encontrá-las e persuadi-las a virem à superfície. Por isso, a necessidade do silêncio.

O silêncio traz força para prosseguirmos, a estabilidade para se obter êxito, a suavidade para deslizarmos sobre as dificuldades passadas sem notá-las. Se a determinação se rompe, é melhor parar por alguns momentos, ficar em silêncio e encontrar valor novamente, pois de outra forma, o que você fizer será fraco. Sinta o pulso da situação e, então, apaixone-se pela tarefa.

(Do livro Beleza Interior: o livro das virtudes – Anthea Church)   

Anúncios

Sobre Wohali Terapias

Educação Terapêutica Integrada

Publicado em 16 de dezembro de 2012, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: