TV: Fonte natural de informação?

Um texto que pode não ser novidade para alguns, mas muito esclarecedor para outros que ainda acreditam que a TV não passa de mero aparelho “ligado” na tomada, desconhecendo as reais frequências energéticas que este aparelho emite, consciente ou inconscientemente, das mensagens subliminares e dos comandos hipnóticos que induzem à alienação, ao não senso crítico, a comportamentos, estereótipos, pensamentos, sentimentos e emoções impostos com fins e interesses próprios de “anestesia cerebral”.
Reflitamos, sem extremismos, sobre que tipo de informação estamos nos permitindo absorver, que tipo de energia estamos recebendo passivamente enquanto palavras e emoções são alimentadas e nutridas interiormente sem que haja qualquer “filtro” de nossa parte? Tudo o que é emanado permanece gravado em nossa mente consciente ou inconscientemente, o que foi dito ou o que não foi mencionado, a comunicação verbal ou não verbal, as simbologias manifestadas ou ocultas, as cores e vestimentas utilizadas em determinados programas…Este é um estudo não apenas energético, baseado na Radiestesia ou em canalizações, mas discutido também em Faculdades de Comunicação Social. Nesse contexto, portanto, sabendo que o pensamento cria a experiência, que tipo de experiência estamos criando para o nosso futuro? …

FONTES NATURAIS DE INFORMAÇÃO
Bárbara Marciniak

Nesta era de informação, vocês são afastados das fontes naturais onde poderiam coletar conhecimento por si próprios.

Foi-lhes vendida a ideia de que a televisão é a grande fonte de informação. Este assim chamado instrumento vem sendo a ponta de uma das maiores invenções deste século. Porém, a mídia é possuída e controlada por aqueles que desejam manter você entretidos e inconscientes. Eles vendem versões escolhidas da realidade e ignoram completamente as outras.

A televisão torna lento o processo evolutivo dos humanos e os limita,especialmente no caso das crianças.
Quando vocês são crianças, as primeiras impressões e a imaginação desempenham um papel-chave em como sua vida vai se desenrolar. A televisão os mantém numa faixa muito estreita de expressão emocional, basicamente caos e medo.

Hoje, mais do que nunca, existe uma grande campanha para vender televisores, para se ter televisão a cabo e para manter as pessoas ligadas à última versão de escândalo e de violência, como se aquilo que é transmitido fosse a questão
mais importante.

Aprenda a observar como você se sente ao assistir à televisão.
Ela é uma forma de controle de frequência.
Esse controle está sendo tremendamente acelerado, enquanto o medo rapidamente se espalha por todo o planeta através da televisão.

A grande maioria das pessoas na Terra está sendo hipnotizada pela televisão exatamente neste momento. Nossa campanha os encoraja a experimentar a vida em primeira mão, não apenas através da produção de imagens e das ideias de outros. Vocês prejudicam sua própria consciência e o potencial que ela possui quando gastam tempo assistindo à TV. Suprimem a imaginação e não utilizam um dos maiores dons que possuem.

Daqui há muitos séculos compreender-se-á, como na última metade do século vinte, as pessoas foram induzidas a estados de entorpecimento, a certos comportamentos e a se tornarem apáticas e doentes através da televisão. Vocês estão desperdiçando tempo assistindo a qualquer programa de TV. Ela os mantém longe da vida e age como um substituto da experiência, que, caros amigos, é o caminho básico da aprendizagem.

Alguns de vocês podem dizer: “Bem, há alguns bons programas e eu assisto apenas ao educativos.” E nós perguntamos: O que está sendo irradiado subliminarmente nos “bons programas”, que vocês, conscientemente, não vêem? Se insistem em ter aparelhos de TV em casa, mantenham-nos desligados da tomada. Frequências de onda são transmitidas através de aparelhos de TV mesmo quando não estão ligados. Reconsiderem o que tem aprendido sobre a vida e prefiram ouvir as transmissões da natureza – a voz da Terra, conforme ela fala.
* * *

Fonte: páginas 107 e 108, do livro Terra: Chaves pleiadianas para a biblioteca viva / Bárbara Marciniak com Karen Marciniak e Tera Thomas ; tradução Sílvia Branco Sarzana – São Paulo ; Ground, 1997

Anúncios

Sobre Wohali Terapias

Educação Terapêutica Integrada

Publicado em 18 de julho de 2012, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: