Sobre a verdadeira ressonância…

Do livro: Deus nunca chega atrasado, nem cedo demais: a graça e a sabedoria do Touro Branco – Canalização Ian Grahan. Uma obra imperdível que indico a todos que estão em busca do seu real caminho, do propósito de sua alma e de seu coração.

“Haverá ocasiões em sua jornada quando encontrar-se-ão se comportando de maneira que julgarão incoerente com o caminho espiritual. Sua sombra vai ficar num foco mais nítido. Talvez, alguma pessoa em particular estará apertando os seus botões e despertando sua ira como um presente, para lhe trazer aquilo que vc quer: crescer.

Em tais ocasiões, não se sintam envergonhados ou impacientes, ou que estão fracassando e abandonando a Deus. Lembrem-se: não há julgamento! Tal comportamento é meramente sintomático no que se refere ao seu crescimento. Se pensarem numa escala musical e quiserem ir mais alto numa nota pura para outra, deverão passar pela dissonância antes de atingir a nota mais alta.

Quando descobrirem que podem estender sua escala de modo a atingir aquela nota mais alta, poderão decidir que não mais se sentem confortáveis ao descer àquelas vibrações mais baixas de novo.  Prestem atenção à sua vozinha interior que lhes diz que não estão em ressonância com o mais alto dentro de vocês. Esta voz sempre estará presente. Poderão ser necessárias várias tentativas antes de aprender a evitar, digamos, o julgamento ou a crítica de outrem.

Então, vocês poderão querer considerar as razões pelas quais julgam ou criticam. Comecem afirmando: “Agora trago para minha mente consciente a origem de minha necessidade de julgar” ou “Agora trago para minha mente consciente a origem de minha crença de que estou errado.” Se continuar a dizer isso para si mesmo enquanto se dedica às suas atividades diárias, memórias ou  impressões profundamente enterradas poderão surgir para dar uma resposta.

Com o tempo, todas as suas partes incapazes de subir a escala deverão cair ou ser removidas, mas, muitas vezes, não será sem uma luta, pois as partes que resistem serão componentes do seu sabotador que ainda deseja continuar vivo. Se procurar com afinco, vai descobrir no seu interior aspectos que tem um descarado interesse em que você continue exatamente como está. Pode ser o medo do que terá de eliminar, especialmente pessoas que pertencem à sua vida; pode ser o medo do ridículo ao abraçar abertamente aquilo em que já acredita; pode ser apego à uma persona que lhe serviu bem e que lhe trouxe muitas compensações no nível do seu ego; pode ser um preconceito enraizado, muito profundo e confortável para ser arrancado e convencido de que é impróprio por qualquer ensinamento espiritual; pode ser um antigo ressentimento que você abriga com uma certa satisfação, pois libertar-se dele poderia significar abrir o coração, quando você preferiria não abri-lo; pode ser a crença habitual de não ser importante, como maneira de negar a sua própria luz. Tal hábito se torna parte de você, assim como cutucar o nariz com o dedo em público.

Não, meus queridos, se vocês estão falando sério sobre subir na escala, tudo isso deve passar, pois estas coisas não podem sobreviver às vibrações mais altas, não mais que a árvore que viceja no fundo do vale pode dar frutos quando transplantada para o topo da montanha.

Quero que fique profundamente gravado em vocês, meus amigos, que não há pressa para que isso aconteça. Alguns de vocês estão demasiado ansiosos para ser santos, ainda em vida, e, portanto, arriscam-se a uma dose ruim de enjoo das alturas espirituais, incapacitando-os, assim, de verdadeiramente ajudar alguém; só estarão passando pelos movimentos do aprendizado espiritual e sua espiritualidade estará somente na sua cabeça. Não será só a sua vontade que irá acarretar o seu crescimento,pois sua intenção precisa se harmonizar com os recursos da energia universal à medida que eles se tornam mais poderosamente disponíveis, assim como o potencial dentro de uma semente se harmoniza com os elementos dentro da terra, com o ar e com o Sol para se tornar um carvalho. Às vezes, as condições para o crescimento são melhores que outras. Há também estágios que você precisa seguir na ordem certa. A frutificação, a ocasião de cumprir o seu propósito maior para os que estão tão impacientes, é usualmente a última coisa! E todo o tempo, vocês são total e incondicionalmente amados por nós, do jeito que vocês são.

Deste modo, voltamos ao fator importantíssimo da sua intenção e do desejo do seu coração de estar em ressonância com ela. Vou deixá-los com a metáfora abaixo:

Há um cantor e uma canção, mas a canção está num tom demasiado baixo para sua voz. Quando o cantor tenta cantar, não  pode fazer jus à canção nem à sua voz. Então, o que acontece é que a canção é transposta para o tom apropriado para a voz. Toda a beleza da voz e da canção pode, então, ser ouvida e aplaudida.

Meus caros, a canção é a sua personalidade e a voz, o seu Verdadeiro Eu. O compositor é a intenção de sua alma em realizar aquele ponto de ressonância com o mais alto dentro de vocês, de modo que só a mais pura nota de amor possa emergir do seu interior. Depois disso, cantar no banheiro nunca mais será a mesma coisa.”

 

Anúncios

Sobre Wohali Terapias

Educação Terapêutica Integrada

Publicado em 17 de julho de 2012, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: